• A A A
  • Norma Lacerda  /  Centro de Conservação Integrada Urbana e Territorial, Universidade Federal de Pernambuco, Brasil
    Lúcia Leitão  /  Professora do MDU da UFPE, Brasil.

    luleitao@hotlink.com.br

    Paulo Abílio de Queiroz  /  Arquitecto.

    pabilio@gmail.com

    O objetivo deste ensaio é mostrar como certos processos de verticalização – particularmente naquelas áreas das cidades que passaram a ser suportes físicos de significações compartilhadas e, portanto, se transformaram em espaços simbólicos para os habitantes que as edificaram – provocam o desaparecimento de uma determinada organização espacial urbana, abalando de modo expressivo os princípios que regem as práticas sociais desses habitantes, inclusive aquelas relativas à apropriação (vivência) espacial. Assim sendo, trabalha-se com a hipótese de que esses processos de verticalização não são espacialmente legítimos. As referências teóricas vêm, notadamente, de Norberto Bobbio e Max Weber. Para desvendar, empiricamente, a existência dessa hipótese, elegeu-se o conjunto urbano de Casa Forte, localizado na cidade do Recife, Nordeste do Brasil.

    The aim of this essay is to demonstrate how specific processes of verticalization –particularly those in urban areas that become physical supports for shared meanings and are, as such, transformed into symbolic spaces for the inhabitants that built them – lead to the disappearance of a particular urban spatial organization, thereby clearly affecting the principles that govern the social practices of these inhabitants, including those related to spatial appropriation (experience). The hypothesis that is put forward is that these processes of verticalization are not spatially legitimate. The theoretical references are principally derived from Norberto Bobbio and Max Weber. Empirical evidence to support this hypothesis is provided from the Casa Forte neighbourhood in the city of Recife, North East Brazil.

    FORMATO APA
    Lacerda , N., Leitão , L., Abílio De Queiroz , P. (2010). Legitimidade espacial: uma discussão sobre mutação e permanência das estruturas espaciais urbanas [versión electrónica]. Eure, 36 (107), 109-122.
    FORMATO ISO
    LACERDA, Norma , LEITãO, Lúcia , ABÍLIO DE QUEIROZ, Paulo . Legitimidade espacial: uma discussão sobre mutação e permanência das estruturas espaciais urbanas. EURE [en línea]. 2010, vol. 36, no. 107 [citado 2014-07-25], pp. 109-122. Disponible en Internet: http://www.eure.cl/numero/legitimidade-espacial-uma-discussao-sobre-mutacao-e-permanencia-das-estruturas-espaciais-urbanas/. ISNN 0717-6236